Uma noite inesquecível, mágica, que irá marcar a história cultural de Joinville. Alguns dos melhores cantores líricos do Brasil, Ballet Bolshoi Brasil, grandes diretores e maestro Sangiorgi. Grato a todos os presentes e àqueles que lutaram para transformar esse belíssimo evento em realidade.

Fotos: Pablo Teixeira

Uma história de amor que acontece em Nagasaki, Japão, por volta de 1900, entre a gueixa Cio-Cio-San (Butterfly) e B.F. Pinkerton, tenente da marinha americana. Madama Butterfly é uma ópera em três atos, escrita pelo compositor de óperas italiano, Giacomo Puccini. Suas óperas estão entre as mais interpretadas atualmente, entre elas estão La bohème, Tosca, Madama Butterfly e Turandot. Madama Butterfly estreou no Teatro alla Scala de Milão em 17 de fevereiro de 1904.

||||| ELENCO:

Cio-Cio-San (Butterfly) (uma gueixa)
Masami Ganev – Soprano

Suzuki (aia de Butterfly)
Luciana Bueno - mezzo-soprano 

B.F. Pinkerton (tenente da Marinha dos Estados Unidos)
Paulo Mandarino – Tenor

Sharpless (Cônsul dos Estados Unidos em Nagasaki)
Douglas Hahn – Barítono

Goro (Agente imobiliário e matrimonial)
Rubens Rosa

Bonzo (monge budista e tio de Cio-Cio-San)
Cristiano Damasceno

Comissário imperiale
Eduardo Campos

Kate Pinkerton (esposa americana de Pinkerton)
Karla Huch – Soprano

||||| Camerata Harmonia Lyra

||||| DIREÇÃO

Direção cênica e cenografia
Walter Neiva

Direção musical e regência
Alessandro Sangiorgi

Figurinos
José Beirão